Revista Egitania Sciencia - Volume 12 | ARTIGO

Título: MELHORAR O PROCESSO PRODUTIVO, ATRAVÉS DOS “SEIS-SIGMA” PARA ATINGIR AS ESPECIFICAÇÕES DO CONSUMIDOR: EMPRESA NUTRISOIL PORTUGAL

Autor: Amândio Pereira Baía (baia@ipg.pt)*, Portugal
*Doutoramento em Gestão pela Universidade de Coventry, England, Mestrado em Gestão Industrial pela Universidade de Clemson, USA, Licenciatura em Gestão pela Universidade da Beira Interior, Professor Coordenador da Escola Superior de Tecnologia e Gestão - Instituto Politécnico da Guarda.
Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 12

Resumo:
Os limites de tolerância mostram-se determinantes na gestão de um processo produtivo pois determinam a satisfação do consumidor. O uso das ferramentas do Controlo Estatístico de Qualidade permite uma melhoria do processo e o índice cpk possibilita a sua medição.
 Em especial, a adoção pelas empresas, da filosofia do Seis-Sigma tem-se mostrado determinante na redução da variação de um processo ou de um produto, permitindo satisfazer as especificações do consumidor, eliminar defeitos, reduzir os custos de operação, em suma aumentar a rentabilidade.
A empresa NutriSoil em Portugal, comercializa sacos de fertilizante e tem vindo a ter problemas na secção de enchimento devido ao excesso de peso dos sacos em relação ao aposto nas especificações. Com a implementação da filosofia dos Seis-Sigma, a NutriSoil conseguiu uma melhoria do índice cpk, com a consequente melhoria da satisfação dos consumidores, e poupanças altamente significativas nos custos o que lhe permitiu aumentar a competitividade.



Palavras-chave: Índice de capacidade cp e cpk, Seis-Sigma, Controlo Estatístico de Qualidade, Capacidade do Processo, Melhoria do Processo




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690