Revista Egitania Sciencia - Special Edition (ENTENP) | ARTIGO

Título: APRENDENDO A SER EMPREENDEDOR NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO ENSINO PROFISSIONAL

Autor: Heikki Hannula (heikki.hannula@hamk.fi), Taru Dorra (taru.dorra@hamk.fi), Markku Kuivalahti (markku.kuivalahti@hamk.fi), Tarja Hallavainio (tarja.hallavainio@pp.armas.fi) - Finland

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Special Edition (ENTENP)

Resumo:
Ser empreendedora é um conceito que evocou o interesse no contexto do ensino de empreendedorismo. É uma qualidade desejável, não só entre as pessoas já na vida profissional, mas também entre alunos, professores e organizações de ensino. Os professores são um grupo que, pelo seu próprio exemplo, pode servir como um modelo para os outros.
Através de seu próprio exemplo empreendedor, os professores podem incentivar os seus próprios alunos para serem empreendedores. Portanto, é apropriado que as atividades empreendedoras sejam desde logo aprendidas durante a formação de professores.
Observações da abordagem empreendedora de dois grupos que iniciou seus estudos em HAMK foram iniciadas em agosto de 2011. Em vez da formação normal de professor-líder os grupos de alunos foram divididos de acordo com os princípios da aprendizagem baseada em problemas em pequenos grupos. Cada grupo foi atribuído a responsabilidade para o planeamento independente, implementação e avaliação de estudos relativos à formação de professores no ensino profissional. A tarefa dos instrutores era monitorizar as atividades e intervir apenas quando necessário. Nas reações e desenvolvimento dos alunos, as fases da pedagogia do risco, modelo proposto por Paula Kyrö, pode conduzir ao discernimento-confusão, levando à
ação e aprender a correr riscos.
Os alunos dos grupos responderam a duas vezes ao questionário que lhes foi apresentado. O primeiro questionário foi implementado no início dos estudos e um segundo no final dos estudos. As observações dos formadores e estudantes também foram analisadas. Pode-se determinar/afirmar, como uma conclusão que, na fase inicial, os alunos estavam confusos e em partetambém com raiva. O tomar de medidas, no entanto, produziu resultados e os
futuros professores perceberam que tinham de enfrentar os desafios.
Eventualmente, no decorrer da implementação, surgiu, uma competição de modo a ver qual dos grupos conseguia alcançar a qualidade mais alta. Assim, através da experiência em ser professores, os futuros professores aprenderam temas de empreendedorismo tais como a responsabilidade e o assumir de riscos.
O objetivo deste artigo é descrever a história do crescimento dos futuros professores do ensino profissional. Primeiro, apresentamos os principais conceitos usados na pesquisa. Posteriormente, descrevemos os estudos sobre os futuros professores como um todo. Em seguida apresentamos a perspetiva da experiência dos professores e dos formadores na fase de implementação. Finalmente traçamos conclusões sobre a implementação no esforço para estimular a discussão sobre o desenvolvimento da educação para o empreendedorismo.


Palavras-chave: Aprendizagem empreendedora, aprender ensinando, formação de professores
no ensino profissional





               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690