Revista Egitania Sciencia - Volume 14 | ARTIGO

Título: DISCOURSES THAT MATTER: WOLE SOYINKA’S THEATRE AS A FORM OF REPRESENTING AND READING THE WORLD

Autor: Rosa Branca Figueiredo (rbranca@ipg.pt)*
Ph.D. in Theatre Studies, University of Lisbon with a thesis on the Nigerian Laureate playwright Wole Soyinka. Researcher at the Research Unit for Inland Development of the Polytechnic Institute of Guarda., and a collaborator at the Centre for Theatre Studies at the University of Lisbon. Recent publications include essays on Multilingualism, Multiculturalism, Cultural Identities, Ritual and African Drama. Associate Professor / Erasmus Coordinator
Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 14

Resumo:
Wole Soyinka é uma figura proeminente na literatura mundial contemporânea. Partindo da perspetiva da política de escrita pós-colonial de expressão inglesa, o desafio da complexidade da vida e obra do dramaturgo reside no facto de as meta-narrativas, que de forma imaginativa e discursiva estiveram na base dos grandes movimentos de libertação do século XX, não se apresentarem na escrita Soyinkiana de forma convencional. Acima de todas as lutas desencadeadas por estes movimentos está a luta pela auto-determinação, raíz
existencial e expressiva da liberdade humana. Os melhores exemplos desta demanda no teatro Soyinkiano encontram-se em peças como A Dance of the Forests, Kongi’s Harvest, Madmen and Specialists and From Zia With Love. Os ensaios críticos de Soyinka operam, de igual forma, em variadíssimos contextos sociais e intelectuais cobrindo um extraordinário leque de tópicos, que vão desde a crítica literária à teoria estética, do teatro à história cultural, do
poder político à ideologia, e mais recentemente, do extremismo religioso à poluição nuclear. Um tipo de atenção que tem sido decisivo na receção da obra de Wole Soyinka é a dos críticos literários profissionais , particularmente no que diz respeito a institucionalização do estudo académico da escrita anglófona do mundo em desenvolvimento na segunda metade do século XX.


Palavras-chave: Soyinka, Teatro pós-colonial, identidades culturais, literatura africana





               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690