Revista Egitania Sciencia - Volume 17 | ARTIGO

Título: AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO SUPERIOR: A LICENCIATURA EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE BRAGANÇA

Autor: Alda Matos (alda@ipb.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 17

Resumo:
No ensino superior a ambientalização dos cursos é residual. Segundo a documentação consultada, ainda que existam instituições com modelos de gestão ambiental mais eficientes, verificam-se lacunas no âmbito das suas funções básicas: docência, investigação e extensão. Tornou-se assim pertinente elaborar um estudo, elegendo uma licenciatura (Enfermagem Veterinária) numa instituição de ensino superior (Escola Superior Agrária de Bragança – ESAB), com o objetivo de observar se são incluídas temáticas ambientais no ensino-aprendizagem. Foram utilizadas fontes de informação primária e secundária. No contexto da informação primária foram aplicados questionários (alunos do 3º ano e docentes) e entrevistas (órgãos decisores) no ano letivo de 2011/12. Concluiu-se que a ESAB é uma instituição amiga do ambiente quanto à gestão de recursos. Todavia, embora tenha firmado acordos no âmbito da educação para o desenvolvimento sustentável, não realizou ainda um plano ajustado aos conteúdos programáticos dos cursos. A ambientalização curricular está presente no curso, sendo a maior força a ‘Coerência e Reconstrução entre Teoria e Prática’ e a maior fraqueza a ‘Ordem Disciplinar: Flexibilidade e Permeabilidade’. Biofísica foi a disciplina que mais se afastou das expectativas dos alunos, que não entendem a relevância da mesma para a sua formação nem a sua relação com as outras disciplinas do curso.

Palavras-chave: Ambientalização Curricular; Desenvolvimento Sustentável; Educação Ambiental; Enfermagem Veterinária; Ensino Superior




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690