Revista Egitania Sciencia - Volume 2 | ARTIGO

Título: O MATERIALISMO ENTRE GERAÇÕES DE JOVENS PORTUGUESES

Autor: Fernando Sá Neves dos Santos* (fneves@ipg.pt) e Maria Manuela de Sá Neves** (mfigueira@ipg.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 2

Resumo:
As sociedades ocidentais são consumistas onde o materialismo assume um papel importante (McCracken, 1990). Com base em duas amostras de jovens universitários de Portugal, uma de 500 recolhida em 1996, e uma outra, obtida em 2005 com 143 jovens, procedemos à análise e comparação dos valores materialistas entre estes jovens, através da adaptação da escala de valores materialista de Richins e Dawson (1992). Através da análise factorial confirmatória, com recurso aos modelos de equações estruturais, estimamos as diferenças de sentimentos materialistas entre as duas gerações de jovens estudantes universitários. A tentativa de estabelecer um modelo materialista de 2ª ordem também é válida para estimar o materialismo entre os grupos de jovens. A diferença significativa ao nível da forma como encara o sucesso em termos materialistas indica que a geração actual sente menos ansiedade relativamente à avaliação do seu sucesso e dos outros com base em bens materiais, tal como se verifica que o factor centralidade constitui aquele que menos contribui para o nível de materialismo de todos os jovens do estudo.

Palavras-chave: Valores; Mudança; Materialismo; Jovens




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690