Revista Egitania Sciencia - Volume 18 | ARTIGO

Título: METODOLOGIAS PARA ANÁLISE QUALITATIVA E QUANTITATIVA DE PÓLENES NO AR ATMOSFÉRICO

Autor: Pedro Rodrigues (prodrigues@ipg.pt), Inês Lisboa (ines_cpsl@hotmail.com)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 18

Resumo:
O pólen é uma estrutura biológica produzida nas plantas superiores com semente, vital para a sua reprodução sexuada. Em consequência do processo reprodutivo, os pólenes podem desencadear reações alérgicas na população, tais como inflamação cutânea, conjuntivite, rinite alérgica e outra sintomatologia.
A elaboração de calendários polínicos permite aos clínicos ajustar os tratamentos médicos e possibilita que os pacientes possam adotar medidas profiláticas. Em Portugal, o acompanhamento da evolução da concentração de pólenes na atmosfera e a sua previsão é realizada, desde 2004, pela Rede Portuguesa de Aerobiologia, a qual difunde um boletim semanal com as previsões polínicas.
Existem inúmeros métodos para o acompanhamento da concentração de pólenes no ar. Na Europa o método desenvolvido por Hirst é o mais utilizado para aplicação clínica, o qual apresenta algumas variantes, as quais pretendemos evidenciar e sistematizar neste trabalho.


Palavras-chave: aerobiologia, hirst, pólenes




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690