Revista Egitania Sciencia - Volume 18 | ARTIGO

Título: CUIDADOS PALIATIVOS PEDIÁTRICOS DOMICILIÁRIOS CENTRADOS NA FAMÍLIA: CONTRIBUTOS PARA UMA ORIENTAÇÃO SALUTOGÉNICA

Autor: Ana Maria Jorge (anajorge@ipg.pt), Ezequiel Carrondo (ecarrondo@ipg.pt), Fernanda Lopes (fernandalopes@ipg.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 18

Resumo:
O presente artigo tem como objetivo abordar os cuidados paliativos pediátricos domiciliários centrados na família numa perspetiva salutogénica. A pesquisa efetuada em plataformas de bases de dados e em revistas científicas revelou um número limitado de estudos centrados no paradigma salutogénico em cuidados paliativos. Os cuidados paliativos pediátricos têm como principal objetivo a prestação de cuidados domiciliários centrados na família, indo ao encontro das necessidades das famílias, com impacte positivo na qualidade de vida da criança. A Associação Europeia de Cuidados Paliativos reconhece a importância de centrar os cuidados nas competências e nos recursos da criança e da família e não exclusivamente nas suas dificuldades, ou seja, da orientação salutogénica nos cuidados paliativos. Esta nova orientação nos cuidados de saúde tem vindo a emergir progressivamente como resultado do desenvolvimento de diversos constructos, nomeadamente do sentido interno de coerência e da resiliência. Conclui-se que esta mudança de paradigma é fundamental para a melhoria da qualidade de vida da criança e da família ao longo do curso da doença.

Palavras-chave: cuidados paliativos pediátricos domiciliários; família; salutogénese; resiliência e sentido interno de coerência




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690