Revista Egitania Sciencia - Volume 18 | ARTIGO

Título: VIGILÂNCIA INFANTIL NO 1º ANO DE VIDA: CONHECER E INTERVIR PARA PREVENIR

Autor: Celeste Antão (celeste@ipb.pt), Filomena Sousa (filomena@ipb.pt), Eugénia Anes (eugenia@ipb.pt), Adília Fernandes (adilia@ipb.pt), Carlos Magalhães (luica@ipb.pt), Maria Augusta Veiga-Branco (aubra@ipb.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 18

Resumo:
O presente artigo aborda aspetos que jamais poderão ser negligenciados na abordagem da criança no 1º ano de vida. A vigilância de saúde é a melhor forma de conhecer em tempo útil as potencialidades e fragilidades associadas ao crescimento e desenvolvimento infantil. Só conhecendo o crescimento normal se poderá estar desperto para identificar desvios que urgem em termos de intervenção precoce. Pela sua fragilidade e dependência, é importante que os pais estejam envolvidos nos processos de capacitação para intervir com segurança e eficácia. Neste artigo, que pretende ser um contributo para ajudar a encontrar respostas práticas, revê-se a importância da vigilância de saúde. Após uma revisão de literatura no âmbito da temática e consulta das diretrizes dos organismos de saúde, em especial o Programa Nacional de Vigilância de Saúde Infantil e Juvenil português, realça-se a vigilância como forma de capacitação dos cuidadores e identificação precoce de desvios da normalidade

Palavras-chave: crescimento, desenvolvimento, desenvolvimento infantil, vigilância




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690