Revista Egitania Sciencia - Volume 18 | ARTIGO

Título: DETERMINAÇÃO DA CONSTANTE DE DISSOCIAÇÃO E COEFICIENTE DE PARTIÇÃO DE LÍQUIDOS IÓNICOS FARMACÊUTICOS COM ATIVIDADE ANTI-INFLAMATÓRIA

Autor: Alexandre Marques (alexchelsea1@hotmail.com), Ana Dias (anafilipavd3@hotmail.com), André R.T.S. Araujo (andrearaujo@ipg.pt), Ana Azevedo (aazevedo@ff.up.pt), Paula Pinto (ppinto@ff.up.pt), M. Lúcia M.F.S. Saraiva (lsaraiva@ff.up.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 18

Resumo:
Os líquidos iónicos (LIs) têm mostrado um enorme potencial em diversas áreas quer a nível laboratorial, quer a nível industrial. Estes compostos são geralmente definidos como sais orgânicos constituídos por um catião orgânico e um anião orgânico ou inorgânico com pontos de fusão inferiores a 100ºC. Neste trabalho foi estudada a interação de LIs contendo o catião colina e os aniões ibuprofenato, naproxenato e cetoprofenato, com a Albumina do Soro Humano (ASH) por espetrofluorimetria. A ASH foi selecionada por ser a proteína mais abundante no plasma e apresentar fluorescência intrínseca que pode ser reduzida por interação com fármacos, possibilitando a avaliação da afinidade de ligação às proteínas plasmáticas pelos LIs-APIs (do inglês Active Pharmaceutical Ingredientes). Concomitantemente foi analisada a partição dos três LIs-APIs, entre as fases aquosa e lipídica, formada por micelas de hexadecilfosfocolina, que foram selecionadas por exibirem similaridade estrutural com os lípidos presentes nas membranas biológicas. Este ensaio permitiu o cálculo do coeficiente de partição (Kp) por espetrofotometria derivativa no ultravioleta-visível.
Os resultados obtidos no estudo da interação dos LIs-APIs com a ASH revelam que o naproxenato de colina estabelece uma ligação mais forte à ASH comparativamente ao naproxeno. Por sua vez, os valores de Kp evidenciam um aumento da partição do ibuprofenato de colina relativamente ao ibuprofeno, sugerindo uma melhoria da capacidade de atravessar as membranas biológicas.


Palavras-chave: líquidos iónicos farmacêuticos; constante de dissociação; coeficiente de partição; metodologias espetroscópicas.




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690