Revista Egitania Sciencia - Volume 20 | ARTIGO

Título: JOGO DE LUTA E PERSEGUIÇÃO - UM CONTEXTO DE SOCIALIZAÇÃO DA AGRESSIVIDADE?

Autor: Guida Veiga (gveiga@uevora.pt)
Departamento de Desporto e Saúde, Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Évora, Évora, Portugal. Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD), Portugal.
Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 20

Resumo:
O jogo constitui uma parte significativa da infância, assumindo um papel determinante para o desenvolvimento saudável e adaptativo da criança. Como acontece noutras espécies, brincar com os pais, os irmãos e os amigos cria um ambiente positivo, estimulante e facilitador para a prática de habilidades que são essenciais a curto e a longo prazo. Existem diferentes formas de jogo, que têm sido associadas a diferentes funções desenvolvimentais. O jogo de luta e perseguição é o tipo de jogo mais frequente e mais estudado nas espécies animais, contudo, no que diz respeito ao desenvolvimento da criança, os estudos são mais escassos e nem sempre consensuais relativamente à função adaptativa desta forma de jogo. Este artigo pretende focar o papel do jogo de luta e perseguição na socialização da agressividade ao longo do desenvolvimento da criança, apresentando quer as perspetivas favoráveis a este tipo de jogo como contexto privilegiado para o desenvolvimento da capacidade de regulação emocional, quer as perspetivas que associam esta forma de jogo à agressividade.

Palavras-chave: jogo de luta e perseguição, agressividade, regulação emocional, desenvolvimento, pai-filho, pares




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690