Revista Egitania Sciencia - Volume 21 | ARTIGO

Título: ESQUIZOFRENIA: (DIS)FUNÇÕES COGNITIVAS E IMPLICAÇÕES BIOPSICOSSOCIAIS

Autor: Maria Miguel Barbosa (mariambc@live.com.pt), Susana Machado (susana.dmachado@gmail.com )

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 21

Resumo:
O interesse científico acerca dos défices cognitivos associados à esquizofrenia aliado ao seu impacto na qualidade de vida dos indivíduos resulta na motivação para o desenvolvimento deste artigo. Objetiva-se: rever o percurso de concetualização da esquizofrenia; caraterizar as funções cognitivas no contexto da expressão desta psicopatologia; rever a literatura mais relevante relacionada com o estudo da atenção (considerada como uma disfunção cognitiva central) e explorar as implicações biopsicossociais da expressão das disfunções cognitivas na esquizofrenia. De forma a atingir os objetivos delineados realizou-se a análise, organização e operacionalização de informação baseada numa pesquisa webgráfica efetivada através do auxílio a diversas bases de dados (Web of science; Scielo; B-on), onde através da junção de operadores entre as palavras-chave se realizaram diversas equações de pesquisa. Foi dada maior preponderância e prioridade aos artigos com menos de sete anos. São indubitáveis as evidências empíricas que permitem sustentar uma relação de causalidade entre as disfunções ao nível cognitivo e uma influência transversal no que respeita à capacidade funcional das pessoas com esquizofrenia. Salientam-se, o desafio na aquisição de novas competências, na adaptação do indivíduo ao contexto e no comportamento social e ocupacional competente. Estas implicações de caráter biopsicossocial traduzem-se num impacto sobre o bem-estar e sobre a qualidade de vida destas pessoas.

Palavras-chave: Esquizofrenia, capacidade funcional, défices cognitivos, atenção




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690