Revista Egitania Sciencia - ISITH Edição Especial | ARTIGO

Título: Turismo de aldeia e desenvolvimento turístico regional: análise comparativa entre a região Centro Portuguesa e a da região de Castela e Leão

Autor: Manuel Salgado (manuelsalgado@ipg.pt)*, José Martins (jasvm@ipg.pt)**, Eva Lahuerta (eva.lahuerta@usal.es)***, Rebeca Cordero (rcorderogu@upsa.es)****
* Professor Adjunto do Instituto Politécnico da Guarda (IPG). Membro das Unidades de Investigação UDI/IPG, GITUR/IPLeiria e GOVCOPP/UA.** Professor Adjunto do Instituto Politécnico da Guarda. Membro da UDI/IPG.*** Profesora Ayudante Doctor del Departamento de Administración y Economía de la Universidad de Salamanca. Miembro del Instituto Multidisciplinar de Empresa.**** Profesora Asociada en Universidad Pontificia de Salamanca. Miembro del Instituto Multidisciplinar de Empresa de la Universidad de Salamanca.
Publicação: Revista Egitania Sciencia - ISITH Edição Especial

Resumo:
Os principais conceitos do turismo de aldeia enquadram-se no contexto do turismo rural, que interessa conhecer para estimular a sustentabilidade e a competitividade no desenvolvimento turístico transfronteiriço entre a região Centro, em Portugal, e a região de Castela e Leão, em Espanha. Assim, pretende-se estruturar um modelo de desenvolvimento turístico adequado a uma gestão mais integrada destas regiões, que registam problemas sociais e económicos estruturantes que, por consequência, também se traduzem em desequilíbrios dos sistemas ambiental e cultural. Os estudos de caso aprofundados no estudo empírico incidem sobre duas zonas rurais similares (a Serra da Estrela, na região Centro, e a Sierra de Francia, na região de Castela e Leão) e têm por intuito permitir uma análise de comentários no Facebook. A recolha de dados em setembro de 2016 permitiu a análise com o programa Nvivo. A estrutura desta pesquisa inicia-se com a discussão acerca dos conceitos de turismo de interior, de turismo rural e de turismo de aldeia. Depois caracteriza-se as regiões objeto do estudo empírico; especifica-se as opções metodológicas do trabalho de campo, para garantir a comparação e registar diferenças nos dois casos de estudo. O quarto ponto do artigo visa a análise e discussão dos dados obtidos a partir de redes sociais.

Palavras-chave: Turismo de interior, turismo rural, turismo de aldeia, desenvolvimento regional, redes sociais




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690