Revista Egitania Sciencia - Volume 3 | ARTIGO

Título: CORES E SONS

Autor: Helena Maria da Silva Santana * (hsantana@ca.ua.pt) e Maria do Rosário da Silva Santana ** (rosariosantana@ipg.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 3

Resumo:
Neste texto pretendemos mostrar de que forma os universos artísticos do compositor português Cândido Lima e da pintora Maria Helena Vieira da Silva concorrem para a realização de um universo imagético (um universo que se exprime através de imagens tanto sonoras como visuais) e, de um objecto artístico único (atendendo à maneira como se concretiza e projecta no espaço da Casa de Serralves). A construção de um espectáculo de cor e som, através do veicular da obra musical Polígonos em som e azul e de um conjunto de quadros de Maria Helena Vieira da Silva, é única à data do concerto sendo, no nosso entender, relevante o seu estudo. É nossa intenção mostrar igualmente de que forma as obras de Maria Helena Vieira da Silva, através dos seus conteúdos estético imagéticos, influem a escrita e o discurso musical do compositor, bem como de que forma o espaço da Casa de Serralves se transmuta na, e pela escrita, dos dois autores.

Palavras-chave: música, pintura, interacção, Cândido Lima, Maria Helena Vieira da Silva




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690