Revista Egitania Sciencia - Volume 25 | ARTIGO

Título: EFICÁCIA E SEGURANÇA DO BROMETO DE ACLIDÍNIO NA DPOC

Autor: Diana Silva (diana.id.silva@gmail.com), Ângelo Jesus (acj@ess.ipp.pt), Agostinho Cruz (asc@ess.ipp.pt )

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 25

Resumo:
No mundo estima-se que existam cerca de 600 milhões de pessoas afetadas pela DPOC, na sua maioria com historial de fumadores, sendo que o número tende a aumentar todos os anos. Os sintomas provocados pela doença são limitativos e podem requerer hospitalização. A medicação utilizada para o controlo e alívio da sintomatologia pode diminuir a sua eficácia com a progressão da doença, havendo necessidade de novas respostas. O brometo de aclidínio é um antagonista muscarínico de longa duração de ação (LAMA), que atua nos recetores da acetilcolina envolvidos na expressão dos sintomas da doença. Este artigo tem como objetivo comparar a eficácia do brometo de aclidínio em relação ao placebo. Efetuou-se uma revisão sistemática através de pesquisa nas bases de dados Pubmed, Conference Proceedings Citation Index - Science (CPCI-S) e Science Citation Index Expanded (SCI-Expanded), onde foram recolhidos ensaios clínicos randomizados e controlados. A pesquisa forneceu 6 artigos sobre ensaios clínicos para análise, comparação do brometo de aclidínio com o placebo. De acordo com os resultados, o brometo de aclidínio na dosagem de 400og administrado duas vezes por dia, demonstrou ter eficácia, segurança e melhorar o estado de saúde. Esta revisão permitiu concluir que o brometo de aclidínio apresenta eficácia na redução dos sintomas da DPOC em comparação com o placebo, segurança no seu uso e produz uma melhoria do estado de saúde dos doentes.

Palavras-chave: aclidinium bromide, placebo, copd e muscarinic antagonist




             POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690