Revista Egitania Sciencia - Volume 1 | ARTIGO

Título: TEORIAS EXPLICATIVAS DO INSUCESSO EDUCATIVO E ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO – UMA ANÁLISE EMPÍRICA

Autor: Sussana Pinto* (Issusana@netvisao.pt) e Francisco Tomé** (tome@ipg.pt)
* Professora, licenciada em Filosofia e Mestre em Ciências da Educação | ** Professor licenciado em Economia e Mestre em Gestão da Informação nas Organizações
Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 1

Resumo:
De forma a promover a igualdade de oportunidades democratizou-se o acesso ao ensino, e como consequência o insucesso escolar atingiu níveis preocupantes. Neste contexto, o nosso objectivo foi procurar averiguar as principais explicações apontadas pelos professores para este fenómeno e estratégias de intervenção. Através de um inquérito a professores, foi possível ordenar as causas e as estratégias de intervenção adoptadas para o combater. Os resultados obtidos na explicação deste problema, puseram em evidência teorias de cariz essencialmente individualista centradas no handicap sociocultural do aluno. No que concerne às estratégias promotoras de eficácia adoptadas pelos professores; estas deixam de estar predominantemente centradas no aluno, para se centrarem na pratica sócio-institucional e biogenética. Se bem que os professores defendam que vale a pena lutar contra o insucesso educativo utilizando estratégias sistémicas para recuperar os alunos, estas são ainda pouco utilizadas por eles.

Palavras-chave: Ensino, Pedagogia, Investigação em Ciências da Educação, Insucesso Educativo




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690