Revista Egitania Sciencia - Volume 7 | ARTIGO

Título: A PÍLULA ANTICONCEPCIONAL E O RISCO DE DOENÇA CARDIOVASCULAR

Autor: Figueiredo Sandie, Ana F. Vinha (ana.vinha@ipsn.cespu.pt), Marisa, Machado (marisa.machado@ipsn.cespu.pt), Maria Emília Santos (emilia.santos@ipsn.cespu.pt) e Maria Teresa Herdeiro (maria.herdeiro@ipsn.cespu.pt)

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 7

Resumo:
A preocupação com o risco de doença cardiovascular, como o tromboembolismo venoso, acidente vascular cerebral e enfarte do miocárdio nas mulheres que usam contraceptivos orais combinados tem gerado muita discussão. Vários aspectos têm sido assinalados nos estudos realizados, como factores de risco, nomeadamente, a elevada dose do etinilestradiol contida nas diversas formulações, as propriedades androgénicas dos diferentes tipos de progesterona das várias gerações desenvolvidas ao longo destes anos, a hipertensão arterial, o tabagismo, a hipercolesterolémia, as diabetes mellitus, a enxaqueca, a existência de antecedentes e a idade, principalmente após os 35 anos. No presente estudo foram inquiridas 257 mulheres residentes no distrito de Viseu com o objectivo de determinar a prevalência dos factores de risco associados à doença cardiovascular e a sua possível relação com o uso de contraceptivos orais. Os resultados obtidos revelaram que as mulheres utilizadoras de anticoncepcionais orais tomam preferencialmente contraceptivos da terceira e da quarta geração. As mulheres fumadoras predominam nas baixas faixas etárias mais baixas, as mulheres portadoras de patologias já citadas anteriormente, excepto a hipertensão e a obesidade são verificadas principalmente nas inquiridas dos 16 aos 35 anos. Estes resultados permitem associar a prevalência de doença cardiovascular como consequência das más concepções das mulheres em relação aos vários factores causais e do não conhecimento do melhor método de contracepção.

Palavras-chave: Contraceptivos orais combinados; Doença cardiovascular; Factor de risco; Tromboembolismo venoso; Acidente vascular cerebral




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690