Revista Egitania Sciencia - Volume 9 | ARTIGO

Título: ADESÃO À TERAPÊUTICA ANTIHIPERTENSIVA: O CASO DO CENTRO DE SAÚDE N.º 1 DE BRAGANÇA

Autor: Maria Isabel Ribeiro, Mariana Lima, Tânia Miranda e António Fernandes

Publicação: Revista Egitania Sciencia - Volume 9

Resumo:
Esta investigação tem como objetivo analisar a adesão ao tratamento anti-hipertensivo por parte dos doentes do Centro de Saúde nº 1 localizado no Concelho de Bragança, bem como avaliar o conhecimento que os utentes têm acerca da HTA. A amostra aleatória simples inclui 366 inquiridos (235 do género feminino e 131 do género masculino), com idades entre os 18 e os 95 anos. Foi elaborado um questionário intersetivo, face a face, inserido num estudo de carácter transversal e observacional. Os dados foram sujeitos a tratamento estatístico através do programa SPSS 17.0 (Statistical Package for Social Sciences). Dos utentes inquiridos, 33,9% possuem HTA, sendo a média de idades de 62,9 anos. No que diz respeito ao conhecimento dos utentes sobre a doença, verificou-se que este é satisfatório em cinco das oito questões propostas. Nos indivíduos medicados, apenas 50,4% aderiram ao tratamento, sendo o esquecimento a principal justificação para a não adesão. A taxa de prevalência da HTA obtida nesta investigação poderá ser explicada pela idade avançada da maioria dos respondentes. Os utentes em geral possuem conhecimentos satisfatórios acerca da HTA, o que poderá ser resultado do esforço das equipas de saúde. Os resultados da adesão ao tratamento, embora preocupantes, assemelham-se aos obtidos por outros investigadores.

Palavras-chave: Hipertensão arterial, Adesão ao tratamento, Centro de Saúde, Bragança




               INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA | Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 50 | 6300 - 559 Guarda | Tel.+351271220100 | Fax +351271222690